A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

domingo, 31 de maio de 2015

POESIA POPULAR NORDESTINA

NOS CAFUNDÓ DO SERTÃO
- Onildo Barbosa -

Caco de cuia, cabaça,
Tacho de barro coité,
Urupema, jereré,
Baleeira e alçapão,
Gamela de mulungú,
Trinchête, pinhão, ponteira
A gente avista na feira,
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Enfileira de piaba,
Cangatí, cará, corró,
Pau de cangalha, bozó,
Candeeiro, lampião,
Caçuá, jarra, quartinha,
Machado, foice e peneira,
A gente avista na feira,
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Mel de cana, rapadura,
Caco de fazer pipoca,
Fogo de flecha, taboca,
Torradeira de assar pão,
Alfinim, caldo de cana,
Chapéu de couro e perneira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Trança de alho, arapuca,
Quixó, de pegar preá,
Sacola de caroá,
Cabo de enxada, mourão,
Lamparina à querosene,
Dobradiça de porteira,
A gente avista na feira,
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Chinelo de couro cru,
Marra, chocalho, sacola,
Grampo de cerca, gaiola,
Bodoque, mão de pilão,
Serrote, sela, cabresto,
Banco de pau e cadeira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
 - - - - -
Fruta de palma, araçá,
Queijo de coalho, paçoca,
Bolo, mingau, tapioca,
Umbu maduro melão,
Pilão de pisar tempero,
Feito de pau de aroeira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Fumo de rolo, tabaco,
Mel de abelha, cortiço,
Medalha de padim Ciço,
Foto do frei Damião,
Anzol de pescar traíra,
Cama de pau e esteira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Casca de pau pra remédio,
Pau-d’arco roxo, jurema,
Marcela, boldo, alfazema,
Alecrim, manjericão
Babosa, espinheira santa,
Fedegoso, quixabeira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Um velho numa barraca,
Vendendo cocada branca
Um pote embaixo da banca
Com água de cacimbão,
Um camelô receitando
Pomada para frieira
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Uma vitrola fanhosa,
Um cabra perto encostado,
Vendendo disco arranhado
Da época de Lampião,
LP de Gonzagão,
Tocando Mulher Rendeira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Feijão de corda, cuscuz
Com manteiga feita em casa
Cabrito assado na brasa,
Aguardente com limão,
Sarapatel com pimenta,
Galinha com macaxeira,
A gente avista na feira,
Nos cafundó do sertão.
- - - - -
Caminhão pau de arara,
Levando gente e trazendo,
Gente subindo e descendo,
Jumento carro de mão,
Menino pedindo um pão
Outros batendo carteira,
A gente avista na feira
Nos cafundó do sertão.

Nenhum comentário: