A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

quarta-feira, 8 de julho de 2015

BRASIL: A CRISE SE AMPLIA

JOSÉ AGRIPINO SOBRE INFLAÇÃO DE QUASE 9%: ÚNICA SAÍDA É COLOCAR NO PALÁCIO DO PLANALTO UM DIRIGENTE QUE COMANDE O PAÍS

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), disse que um dos principais motivos para a inflação brasileira estar próxima dos dois dígitos deve-se ao fato de o governo Dilma Rousseff não ter credibilidade no cenário nacional e internacional. “A inflação do Brasil, infelizmente, está resistindo ao grande e único remédio que o governo do PT vem aplicando: a elevação da taxa de juros. Mesmo assim, a inflação não cede porque está nos faltando o principal remédio para conter a elevação de preços, que é a credibilidade de governo”, disse Agripino.

Dados divulgados nesta quarta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a inflação oficial brasileira — medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) — ficou em 0,79% em junho. O resultado é o maior para o mês desde 1996, quando o índice chegou a 1,19%.


Já em 12 meses, a inflação acumula alta de 8,89%, bem acima do teto da meta estabelecida pelo governo, 6,5%. O valor é mais do que em igual período do ano passado, 8,47%. O acumulado em 12 meses é o maior desde dezembro de 2003, quando ficou em 9,30%.

Estamos atingindo patamares inéditos. A inflação de junho é a mais alta desde 1996. Beiramos os 9%. Quando você chega à inflação de dois dígitos, instala-se a mais perigosa das componentes, que é a inflação por expectativa. E aí a situação fica incontrolável”, acrescentou Agripino. “Não tem jeito. A única saída é colocar no Palácio do Planalto um dirigente que comande o país e inspire a confiança da sociedade e dos agentes econômicos”.  
Texto: Rominna Jácome - Assessora de Comunicação
Foto: Mariana Di Pietro

Nenhum comentário: