A LUTA CONTINUA!


"HÁ VITÓRIAS QUE EXALTAM, OUTRAS QUE CORROMPEM; DERROTAS QUE MATAM, OUTRAS QUE DESPERTAM."
Antoine de Saint-Exupéry

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

BRASIL - ELEIÇÕES 2014: PESQUISA SENSUS CONTRADIZ IBOPE E DATAFOLHA E MOSTRA AÉCIO À FRENTE DE DILMA

Publicado: 24 de outubro de 2014 às 6:01 - Atualizado às 7:43           
Por:                 
 
Pesquisa Sensus: Aécio abre vantagem de 9 pontos sobre Dilma
          
Pesquisa IstoÉ/Sensus contradiz Ibope e Datafolha: AÉCIO TEM 54,6 E Dilma  45,4%
 
Pesquisa Sensus que será divulgada nesta sexta-feira (24) pela revista IstoÉ mostra, ao contrário das pesquisas Ibope e Datafolha divulgadas ontem (23), liderança do candidato tucano Aécio Neves, com 54,6% das intenções de votos nos últimos dias do segundo turno da eleição presidencial. Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, aparece com 45,4%. O Sensus foi o único instituto a apontar, na véspera do 1º turno, que Aécio passaria ao 2º turno, e não Marina Silva (PSB).
A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda está indeciso. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, Aécio tem 48,1% e Dilma,  40%.
O  Sensus foi o único instituto de pesquisa a acertar o resultado do primeiro turno, que levou o candidato do PSDB à disputa do próximo domingo (26).
 
Pesquisa espontânea e rejeição
Na votação espontânea, quando nenhum nome é apresentado para o entrevistado, Aécio também está à frente de Dilma: o candidato do PSDB é  citado por 47,8% dos eleitores e a petista por 39,4%. Indecisos e votos em branco são 12,8% e 0,2% ainda citaram outros nomes.
O índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff é elevado: 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%. Segundo o diretor do Sensus, Ricardo Guedes, explicou à IstoÉ, quanto maior o índice de rejeição, menor a probabilidade de crescimento do candidato.
 
Últimos levantamentos
No último levantamento Sensus, na sexta (17), o candidato PSDB tinha 56,4% dos votos válidos, contra 43,6% da atual presidente. No dia 11, a vantagem do candidato tucano era maior: 58,8% contra 41,2%, segundo o Instituto Sensus.
A margem de erro da pesquisa Sensus é de 2,2 pontos percentuais. O Sensus ouviu 2.000 eleitores em 136 municípios, entre terça e esta sexta-feira (24). O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral como BR-01166/2014.

RN - ELEIÇÕES 2014: AGENDA DOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO ESTADO PARA ESTA SEXTA-FEIRA (24)

 HENRIQUE ALVES
7h: Visita a Central de Abastecimento (Ceasa), em Natal.
9h: Caminhada no bairro Guarapes, na Zona Oeste de Natal.
11h: Visita o bairro de Cidade Alta, na Zona Leste de Natal.
15h: Carreata em Parnamirim, na Grande Natal.
17h: Carreata em Macaíba, na Grande Natal.


 
 ROBINSON FARIA
10h: Caminhada em bairros da Zona Oeste de Natal.
15h: Caminhada em homenagem às mulheres no bairro do Alecrim, na Zona Leste de Natal.
18h30: Caravana em Macaíba, na Grande Natal.

DE: PIADAS

 DIAGNÓSTICO PRECISO  
Um homem de 98 anos estava fazendo seu check-up anual. O médico perguntou como ele estava se sentindo.
- Nunca me senti tão bem... Minha namorada tem 18 anos e esta grávida, esperando um filho meu. O que me diz? - respondeu o velho.
O medico refletiu... e disse:
- Deixe-me contar-lhe uma história. Eu conheço um cara que é caçador, nunca perdeu uma estação de caça. Mas, um dia, por engano, colocou seu guarda-chuva na mochila em vez da arma. Quando estava na floresta, um urso repentinamente apareceu em sua frente. Ele sacou o guarda-chuva da mochila, apontou para o urso e.... Bang!!! O urso caiu morto.
- KKK! Isso é impossível - disse o velhinho. Algum outro caçador deve ter atirado no urso.
E o médico:
- Exatamente!
 
 QUE DANADO É  
Ao limpar o quarto do casal, a empregada vê uma camisinha usada em cima do criado-mudo e fica parada olhando-a durante vários minutos.
A patroa que a observava de longe, vai ter com ela:
— Que é isso, Severina? Nunca viu uma camisinha antes?
— Vi não senhora!
— O quê? Na sua terra ninguém faz sexo?
— Faz, sim senhora! Mas nunca até arrancar o couro!
 
 O CASTO E A DONZELA
Um tipo está a jogar tênis e leva uma bolada forte no pênis, causando um `trauma muscular peniano`.
Em agonia, dirige-se ao médico:
- Doutor, veja o que é que pode fazer por mim... Vou casar no final da semana; a minha noiva é virgem e não posso decepcioná-la.
- Não se preocupe, vou tratar de si de maneira que esteja tudo em ordem para o dia do seu casamento.
Então, pega 4 pauzinhos, que habitualmente são usados para examinar a garganta dos pacientes e, com fita adesiva, consegue prendê-los ao redor do pênis, de forma a recuperar a rigidez do mesmo.
O tipo não conta nada à noiva, casam-se, e na noite de núpcias, já na privacidade do quarto, a noiva fogosa arranca os botões da blusa e mostra-lhe os peitos, exclamando:
- És o primeiro! Nunca nenhum homem tocou estes seios!
Para não ficar atrás, o noivo abre a braguilha, baixa as calças e exclama:
- Olha! Ainda está encaixotado!
<<<<<>>>>>

POESIA POPULAR BRASILEIRA


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

BRASIL: DENÚNCIA

Da: Revista Veja
Petrolão

Dilma e Lula sabiam de tudo, diz Alberto Youssef à PF

Em depoimento prestado na última terça-feira, o doleiro que atuava como banco clandestino do petrolão implica a presidente e seu antecessor no esquema de corrupção

Robson Bonin
 
Na última terça-feira, o doleiro Alberto Youssef entrou na sala de interrogatórios da Polícia Federal em Curitiba para prestar mais um depoimento em seu processo de delação premiada. Como faz desde o dia 29 de setembro, sentou-se ao lado de seu advogado, pôs os braços sobre a mesa, olhou para a câmera posicionada à sua frente e se colocou à disposição das autoridades para contar tudo o que fez, viu e ouviu enquanto comandou um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar 10 bilhões de reais. A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras. Com a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema, ele adicionou novos personagens à trama criminosa, que agora atinge o topo da República. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:
 
— O Planalto sabia de tudo!
— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.
— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.
 
Conheça, nesta edição de VEJA, os detalhes do depoimento que Alberto Youssef prestou às autoridades.
Para ler a continuação dessa reportagem compre, a partir desta sexta-feira, a edição de VEJA no IBA, no tablet ou nas bancas.

DE: OPINIÃO

Leleu: “quem derrotou Vivaldo foi a arataca do PMDB”
 
Árduo defensor da candidatura de Robinson Faria (PSD) ao governo, o vereador Leleu Fontes (PROS) discordou do deputado estadual Vivaldo Costa (PROS), que atribuiu sua derrota ao vice-governador. “O Papa está cometendo uma grande injustiça com Robinson, pois este sempre agiu com lealdade com ele”, disse Leleu.
 
 
O vereador disse que Vivaldo deveria pedir desculpas aos seus eleitores pela decisão, segundo ele, equivocada de apoiar politicamente o "acordão" em torno do candidato do PMDB ao governo, Henrique Alves. “Na verdade, quem derrotou Vivaldo foi a arataca do PMDB”, disparou ele. “A prova maior está nos números dos votos obtidos pelos candidatos do PMDB com base eleitoral no Seridó. Nelter Queiroz, Álvaro Dias e Ezequiel Ferreira conseguiram votações superior a Vivaldo”, concluiu.

POESIA POPULAR BRASILEIRA

CAUSOS

 O BOM HUMOR DE CARLOS AUGUSTO
(Desembargador Carlos Augusto Caldas da Silva)
 
 
Durante uma sessão da Congregação da Faculdade de Direito de Natal, um desentendimento entre os professores Floriano Cavalcanti e Emídio Cardoso esquentava, numa troca de palavras ásperas, preocupando os colegas, temerosos de que aquele diálogo ríspido entre dois velhos amigos levasse a um desfecho desagradável. Nisso, ouve-se a voz solene e inesperada do doutor Carlos Augusto:
- Sr. Presidente, Eu tenho uma preliminar.
- Pois não. E qual é a preliminar? - indaga o doutor Otto Guerra, que presidia à sessão.
- Eu quero lembrar a V. Excelência. que ainda não serviram o cafezinho.
- E uma risada geral descontrai o ambiente encerrando a discursão.

* * * * *

Uma vaga de desembargador no Tribunal de Justiça era disputada pelos doutores Emídio Cardoso e João Maria Furtado. Muito religioso, o doutor Emídio encontrava-se ajoelhado aos pés da estátua do padre João Maria, na praça do mesmo nome, quando alguém o interrompe, batendo-lhe no ombro. Era o doutor Carlos Augusto:
- Não adianta Emídio. Você acha que o padre João Maria vai deixar de apoiar João Maria, o seu xará?

* * * * *

Os desembargadores Carlos Augusto e Floriano Cavalcanti disputavam o cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Estado. Fazendo as contas, Carlos Augusto verifica que ia perder por um voto. Para reverter o resultado, só havia uma saída: apelar para a astúcia. Displicentemente, senta-se ao lado do doutor João Vicente. A certa altura, como que falando para si próprio, lamenta-se simulando derrotado:
- Mas é danado! Floriano vai ser presidente do Tribunal graças a Zé Augusto.
- Como - exclama, entre assustado e curioso, o doutor João Vicente.
- E você ainda não sabe do telegrama?
- Que telegrama?
- O telegrama que o doutor José Augusto passou a um colega aqui no Tribunal pedindo votos para Floriano.
E o desembargador João Vicente, irreconciliável adversário do deputado José Augusto Bezerra, responde indignado:
- Pois agora o meu candidato é você. Não voto mais em Floriano.
Feita a eleição e aberta a urna, Carlos Augusto vence por um voto. Inconformado, o doutor Floriano, que já se considerava eleito, foi apurar para saber quem lhe faltara com a palavra. E chega ao desembargador João Vicente, que lhe declarou:
- Eu sou muito franco, Floriano! Deixei de votar em você por Zé Augusto achou de lhe apoiar. E eu não voto em candidato patrocinado por Zé Augusto.
- Absolutamente! Não houve isso!
- E o telegrama?
- Que telegrama?...

* * * * *

Na Ordem dos Advogados um conhecido desembargador alongava-se numa conferência pouco interessante e monótona.
- Ele esta demorando a achar uma saída para terminá-la - comenta o doutor Otto Guerra.
E a resposta imediata de Carlos Augusto a seu colega, já impaciente também com a palestra interminável:
- É que ele quebrou o trem de aterrisagem.

* * * * *

No Pronto Socorro, saindo da agonia de um edema pulmonar, ainda assim o doutor Carlos Augusto não deixa escapar a oportunidade de pilheriar. Para ajudar o cardiologista na desesperada tentativa de salvá-lo chega, apressada e solícita, uma enfermeira que era a feiura personificada: baixa e gorda, sem pescoço, de laço no cabelo pixaim e de óculos na ponta do nariz chato.
Ainda cansado da crise que quase o mata e com a fala entrecortada, diz ao seu médico:
- A minha maior preocupação, Paulo (Dr. Paulo Bittencourt), era morrer levando comigo a imagem daquela mulher danada de feia. Eu que durante a minha vida conheci tantas mulheres bonitas. 

* * * * *

Amanhecera um dia de gorro cobrindo a careca luzidia. Uma de suas filhas comenta admirada:
- Papai, há quantos anos o senhor não usa esse bibico!
- Estou despistando a morte, minha filha. Sonhei com ela procurando um careca.
Não conseguiu despistá-la. Morreu dois dias depois.
Era assim o desembargador Carlos Augusto Caldas da Silva, que não precisou lamentar-se como o jurista Pontes de Miranda, que na velhice queixava-se de haver levado a vida muito a sério.

 <<<<<>>>>>

 Do livro: HISTÓRIAS QUE NÃO ESTÃO NA HISTÓRIA de autoria do professor JOSÉ DE ANCHIETA FERREIRA. Editado pela RN Gráfica e Editora Ltda - Natal, 1989.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

RN - ELEIÇÕES 2014: PESQUISA CERTUS MOSTRA NA ESTIMULADA ROBINSON COM 51.56 E HENRIQUE COM 48,44

O Blog do BG e a Certus publicam nesta quarta-feira, (22), mais uma pesquisa de opinião com os cenários para o 2º turno no RN. A Certus Pesquisa e Consultoria foi as ruas entre 18, 19, 20 e 21 de outubro e entrevistou 1510 eleitores em todo o RN. Na pesquisa estimulada temos:
 
 
A Margem de erro é de 3% e o índice de confiabilidade é de 95%. Vejam como ficou o cenário para o Governo do Estado já na perspectiva dos votos validos.
A pesquisa tem registro no TSE de Nº BR-01156/2014 e no TRE Nº RN-00045/2014.
 
*************************

Pesquisa CERTUS/BG – Robinson cresceu 15.14% e Henrique cresceu 2.49% entre o 1º e 2º turno


Agora confiram a última pesquisa Certus/BlogdoBG publicada no dia 23 de setembro na reta final do 1º turno:

Certus Presidente Estimulada 1 turno

Se compararmos as duas pesquisas, Robinson Faria cresceu 15.14% nos últimos 30 dias e Henrique Alves cresceu 2.49%.

Fonte: BG

BRASIL:

22 de outubro de 2014 
                      
Dos R$ 12,7 milhões pagos pelo governo Dilma Rousseff (PT) a institutos de pesquisa, R$ 11 milhões foram destinados somente a empresas do grupo Ibope. E sempre sem licitação. O Ibope embolsou R$ 5,2 milhões, por exemplo, somente nos últimos três anos e dez meses, para confirmar o que todo mundo já sabe, principalmente no governo: não sai do “traço” a audiência da TV Brasil, a “tevê do Lula”.
Compartilhar                                                 
  • A TV Brasil, em Brasília sintonizada no canal 2, é mantida pela estatal Empresa Brasil de Comunicação (EBC), criada no governo Lula.
    Compartilhar
  • Os pagamentos do governo Dilma a institutos de pesquisa saíram da verba publicitária da Secretaria de Comunicação da Presidência.
    Compartilhar
  • Em 2013, por exemplo, o Ibope recebeu do governo federal mais de R$ 1 milhão para aferir a audiência da TV Lula.
    Compartilhar
  • Outros institutos, como Datafolha e MDA, ganharam um bom dinheiro no governo Dilma, mas quase dez vezes menos que o Ibope.
    Compartilhar
  • CAUSOS

    SEU LUNGA
     
    Seu Lunga resolve andar um pouco e sai com seu chapéu grande e antigo. Durante sua caminhada ele resolve coçar a cabeça sem tirar o chapéu.  Uma  conhecida dele pergunta:
    - Oxe seu Lunga, num tira o chapéu pra coçar o cabelo não é?
    Seu Lunga então responde:
    -E a senhorita tira a calcinha pra coçar o tabaco?
    - - - - -
    Seu Lunga consegue um emprego de motorista de ônibus. No primeiro dia de trabalho, já no final do dia, ele para o ônibus em um ponto. E uma mulher pergunta:
    - Motorista, esse ônibus vai para a praia?
    E o Seu Lunga responde:
    - Se você conseguir um biquíni que dê nele..
    - - - -  -
    O filho do Seu Lunga jogava futebol em um clube local, e um dia Seu Lunga foi assistir a um jogo de seu filho no estádio. Um  sujeito sentado ao lado pergunta:
    - Seu Lunga, qual dos jogadores ali é o seu filho.
    Seu Lunga aponta e diz:
    - É aquele ali...
    - Aquele qual?
    - Aquele ali!
    - Não estou  vendo...
    Então Seu Lunga "puto da vida" pega uma pedra, joga em cima de seu filho e diz:
    - É aquele filho de uma puta  que começou a chorar!

    - - - - -
    Seu Lunga, quando jovem, se apresentou à Marinha para a entrevista:
    Você sabe nadar? Pergunta o oficial.
    - Sei não senhor.
    - Mas se não sabe nadar, como é que quer servir à Marinha?
    - Quer dizer que se eu fosse pra Aeronáutica, tinha que saber voar?
     
    <<<<<>>>>>