A LUTA CONTINUA!

biraviegas@bol.com.br

terça-feira, 21 de novembro de 2017

DE: PIADA

- O INSACIÁVEL -

A jovem chega da lua de mel e encontra a mãe que lhe pergunta:
- Correu tudo bem filha?
A jovem diz:
- Terrível mama! Sabe, o Geraldo é um animal, acabou comigo!!!
E a mãe diz-lhe:
- Bom, filha, as luas de mel são assim mesmo, eu lembro-me quando…
- Não mãe!.O Geraldo é mesmo um animal. Imagina que ele começou a apalpar-me assim que chegamos à recepção do hotel, quando chegamos ao quarto, atirou-me para cima da cama e deu 7 sem tirar fora!
Quando eu quis ir ao banheiro ele atirou-me no sofá e deu mais 3! Quando cheguei ao banheiro deu 4 no box do chuveiro, abriu a água e deu mais 3! Quando estava me secando deu mais 2 em cima da pia, e assim foi durante as 24 horas de cada um dos 15 dias da lua de mel.
E isto não é nada! No avião de volta, meteu-me no WC e deu 3, quando chegamos, deu 8 no WC do aeroporto e ao chegar em casa mais 4 no chão da sala!!! Não sei que fazer mamãe, já não aguento mais…!!!
- Sabes o que tens que fazer, filha? Quando ele chegar do trabalho diga a ele que está no período menstrual e assim podes ter uns dias de descanso… Depois conte-me o que aconteceu…
A moça chega em casa e fica à espera do marido. Ele, ao vê-la, atira-se a ela logo no hall de entrada. Ela empurra-o e diz-lhe:
- Para meu amor… a minha menstruação chegou!
Então ele vai à sala e volta com uma garrafa de champanhe e dois copos.
Ela assombrada pergunta:
- Que é isso?
E ele responde:

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

JUÍZA DA COMARCA DE JARDIM DO SERIDÓ NEGA PEDIDO DE REPASSE DE MAIS RECURSOS DA PREFEITURA MUNICIPAL FEITO PELA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

Nesta segunda-feira (20), a MM juíza da comarca do município de  Jardim do Seridó, Drª Janaína Lobo da Silva Maia,  negou o pedido de liminar interposta pelo atual presidente da câmara municipal jardinense, vereador Iron Júnior  que pleiteava da prefeitura municipal mais recursos,  sob a alegação de fazer frente aos gastos da casa legislativa.


Mesmo já tendo recebido da PMJS, até o final do mês de outubro/2017, a quantia  de R$ 854.641,85 e com a previsão orçamentária de receber até o final do ano em curso mais R$ 172.092,01, totalizando R$ 1.026.733,86, à presidência da CMJS pleiteava mais uma quantia acima de R$ 57.000,00.

Com informações do Blog Barra Pesada

JARDIM DO SERIDÓ - RN

CONVITE


DATA: 03/11
LOCAL: CAMPO FLORESTAL DO IBAMA 

DE: PIADA

- ANTES DO PRIMEIRO RALA E ROLA -

Um casal estava na lua-de-mel. Os dois muito nervosos, a moça diz que vai ao banheiro vestir algo mais confortável. No banheiro, se olhando no espelho ela pensa:
- Meu Deus, como é que eu vou contar a ele esse meu terrível segredo?  Como é que eu explico esse bafo desgraçado que eu tenho?
Enquanto isso, o rapaz na cama esperando por ela, também está pensando:
Ai, meu Deus, como é que eu explico a ela esse meu segredo? Como é que vou contar pra ela que eu tenho um chulé de lascar?
Ela sai do banheiro, deita-se ao lado do rapaz e começa a tentar se explicar...
- Olha, antes de nós consumarmos nosso casamento eu queria de contar um segredo...

"TADIM"

sábado, 18 de novembro de 2017

ESTILINGUE SE TRANSFORMANDO EM VIDRAÇA

DEMISSÕES EM MASSA NA CUT

EMPREGADOS DA CUT AMEAÇAM GREVE CONTRA PROGRAMA DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA
Central decide cortar 60% dos gastos com folha de pagamento

Após anúncio de um Programa de Demissão Incentivada (PDI) pela CUT, funcionários da entidade ameaçam entrar em greve nesta semana. Foto: Rovena Rosa/abr)

Os empregados da Central Única dos Trabalhadores (CUT) ameaçam entrar em greve nos próximos dias após anúncio de um Programa de Demissão Incentivada (PDI).
A CUT, que sempre se posiciona contra programas de demissão voluntária e estimula greves por essa razão nas empresas, agora alega, quem diria, a necessidade enxugar gastos com a folha de pagamento, "asfixiada" com o fim da obrigatoriedade do imposto sindical, decidida na reforma trabalhista que entrou em vigor no último sábado (11).
Com o programa de demissão, a CUT, que tem ao todo 178 empregados, quer cortar 60% das despesas com pessoal. Desse modo, o restante das atividades da central poderão ser mantidos.
Se até o dia 4 de dezembro, quando se encerra o PDI, o programa não tiver adesão, a CUT começará a demitir até que se alcance o percentual estipulado.
A redução na folha de pagamento não é uma medida apenas da CUT. Outros sindicatos estão tomando decisões semelhantes após o fim das contribuições sindicais obrigatórias. A Confederação Nacional dos Metalúrgicos é uma delas. 

DE: PIADA

- RESPEITOSAMENTE -

O cara entrou no trem,  correu pra janela e gritou para o casal que o acompanhara:
- Tchau, Paulo! Adorei o fim de semana! A tua mulher é ótima de cama; muito boa mesmo!
Intrigado, o passageiro ao lado não conteve a curiosidade.
- Desculpe. Não me leve a mal, mas o senhor disse mesmo pro cara ali que a mulher dele era... boa de cama?
E o outro confessou baixinho:

CAUSO

- AS ASTÚCIAS DE TATÁ DE TILA -
Por: Tatá de Tila

Santa Cruz do Inharé (RN), anos 60.
O 'Bar do Baxim' era na praça perto da casa de João Umbelino.
O 'Trio Ternura', (Eu, Caravéia e A Morte) estávamos secando umas garrafas de Pitú.
Lá pras tantas, já tendo engolido várias e várias lapadas da branquinha, fui ao banheiro 'tirar água do joelho'.
No local, junto a uma parede, tinha uma canaleta que descia para dentro de um tanque. Com os 'zóios já zaroi', e a bexiga  querendo explodir, não pensei duas vezes; arrastei meu mijador pra fora da calça e... xuááá´.
É quando ouço um grito desesperado...
Me viro  na direção de onde partiu o grito e veja o 'Baxim' virado em um siri na lata, com os 'zóios esbugalhados', o pescoço escondido entre a cabeça e o tronco do corpo, já perto de menstruar, e apontando para o local onde eu tinha mijado...
- Tatá... pela hóstia sagrada, você mijou na canaleta que leva água da chuva para a cisterna do bar...

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

BRASIL: "TEJE SOLTO" PODE DESTRUIR O DIREITO, E INSATISFAÇÃO POPULAR PODE EXPLODIR.

Esta é a análise do professor titular da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, Carlos Ari Sundfeld sobre a liberação de políticos presos acusados de corrupção. 

Carlos Ari Sundfeld

A análise do renomado professor foi publicada na manhã desta sexta-feira (17) no jornal 'O Estado de São Paulo'.