A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

sábado, 1 de agosto de 2015

POESIA POPULAR NORDESTINA

Essa estória aconteceu de fato, aqui num povoado próximo a Santa Cruz, no Rio Grande do Norte. 
Dois cantadores organizaram uma cantoria e passaram toda a semana empenhados na divulgação em uma difusora local.
Chegado o grande dia, a decepção foi grande: não apareceu um espectador sequer, a não ser um jumento no terreiro e um pássaro numa gaiola.
Extremamente revoltado, um dos cantadores iniciou a cantoria com o seguinte verso:
Eu tive uma ideia maluca
E divulguei até no rádio
De cantar detrás do estádio
Na casa de Mané Luca
Um cancão numa arapuca
Esperava por nós três
E um jumento pedrês
Subindo o pau e descendo
Como quem fica dizendo:
Tá aqui pro c... de vocês!
<<<<<>>>>>
Texto: Hélio Crisanto
Enviado por: Tarcísio Pereira

Nenhum comentário: