A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

DE: PIADA

O IRMÃO DO 'GORDINHO DA SAVEIRO'

Uma dona de casa recebe seu amante todo dia em sua casa, à tarde, enquanto o marido trabalha. Durante suas safadezas, deixa o filhinho de nove anos trancado no armário do quarto. Certo dia, o marido chegou em casa e o amante de sua mulher ainda estava lá. Então trancou o amante no armário, junto com o filho. Ficaram lá um tempo, até que o menino falou ao dito cujo: 
— Escuro aqui, não?
— É, está. 
— Tenho uma bola de baseball.
— Que legal! 
— Quer comprá-la?
— Não! 
— Meu pai está lá fora!
— Quanto quer pela bola? 
— R$ 250,00.
— Toma. 
Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo. O amante de sua esposa está na casa dele novamente. O menino e o amante vão para o armário. Eles ficam lá em silêncio, até que o menino fala à peça:
— Escuro aqui, não? 
— É, está.
— Tenho uma luva de baseball. 
— Que bom.
— Quer comprar? 
O homem, lembrando-se da outra semana:
— Claro, quanto é? 
— R$ 750,00.
— Aqui está. 
No fim-de-semana, o pai chama o filho:
— Pega a bola e a luva e vamos jogar. 
— Não dá, pai, vendi tudo.
— Vendeu?
— Por quanto?
— R$ 1.000,00. 
— Filho, você não pode ficar enganando seus amigos assim. Em lugar algum a gente paga tanto por isso. Vou levá-lo, agora, ao padre, para que se confesse.
Chegando à igreja, o menino entra na portinha, ajoelha-se e aguarda a chegada do vigário.
Uma janelinha se abre, para que o padre possa ouvi-lo: 
— Meu filho, não tema a Deus! Confesse-lhe e Ele o perdoará. Qual o seu pecado?
— Escuro aqui, não?!
E o padre... 

— Não vá começar com essa de novo!

Nenhum comentário: