A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

quarta-feira, 16 de março de 2016

COLUNA

16 de março de 2016
SENTA, LEVANTA
Os partidos que fazem oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff entrarão com ações na Justiça questionando a indicação do ex-presidente Lula da Silva como ministro Chefe da Casa Civil, que está denunciado pela Justiça por crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. O assunto promete dar trabalho aos advogados dos dois lados e proporcionar acaloradas discussões entre os parlamentares, prolongando  ainda mais a terrível crise que está levando o Brasil à bancarrota.

AUTOGOLPE DO PT?
A maioria da população brasileira acredita que a indicação de Lula foi tão somente para criar o chamado "foro privilegiado" e livrando-o das investigações comandadas diretamente pelo implacável juiz Sérgio Moro. Muitos classificam a manobra do palácio do Planalto de um "autogolpe" e o aceite de Lula como uma espécie de "confissão de culpa".

FORO PRIVILEGIADO DE MINISTRO É IMPESSOAL.  NÃO É EXTENSIVO À FAMÍLIA DO MESMO
Assumindo o cargo, Lula ganha "foro privilegiado" para responder as acusações que lhe são feitas pela Justiça e se livra de ser julgado pelo juiz Sérgio Moro. Entretanto, sua esposa e um dos seus filhos,  que também estão denunciados, deverão continuar sendo investigados pela Operação Lava Jato, já que o benefício do foro privilegiado é apenas para o cargo de ministro, não extensivo aos seus familiares.

MANIFESTANTES PRÓ IMPEACHMENT JÁ PREPARAM  VOLTA ÀS RUAS
Movimentos populares que pedem o impeachment de Dilma, também não aceitam a indicação de Lula para o cargo de ministro de Estado e já se articulam para novas manifestações. O primeiro desses atos já está sendo marcado para o dia 30 do mês em curso.

Nenhum comentário: