A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

FOLCLORE POLÍTICO BRASILEIRO

E TOME "BANANAS"

Campanha presidencial - Ano 1950.
Candidato pela União Democrática Nacional (UDN) o brigadeiro Eduardo Gomes  percorria o Brasil à bordo de um avião DC-3.
Viagem agendada ao estado de Alagoas, Eduardo Gomes envia antecipadamente um comunicado aos correligionários que iria sobrevoar a capital alagoana, em  voo baixo, para que  todos tomassem conhecimento da sua chegada.
No dia programado, o avião conduzindo o candidato voa em baixa altitude sobre Maceió. Ao se aproximar do palácio dos Martírios (sede do poder executivo) o governador Silvestre Péricles, pertencente aos quadros do Partido Social Democrata (PSD) e ferrenho adversário do candidato udenista sai até a sacada do palácio, e envia uma série de "bananas" (gesto feito com um dos braços fechados e com o cotovelo apontado para o alto) em "saudação" ao brigadeiro.
Está o governador enviando suas "saudações", quando um assessor palaciano se dirige ao mesmo:
- Governador, vossa mãe o chama.
Conhecido por sempre atender de imediato todos os pedidos da sua genitora, o populista e folclórico governador determina ao seu assessor:

 - Meu filho, fique aqui dando "bananas" enquanto eu vou ver o que mamãe quer.






Nenhum comentário: