A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

POESIA POPULAR NORDESTINA


A MINHA LUA: 
(Por: Primo Poeta)

A lua que eu adorava
Era fã da boemia,
Dormia durante o dia
E de noite vadiava.
De quarto em quarto ela andava
Sempre em busca de prazer,
Mas num certo amanhecer
Retornou ao meu abrigo
Minguou e deixou comigo
As fases do bem-querer.

Nenhum comentário: