A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

terça-feira, 25 de abril de 2017

BRASIL: ENQUANTO ISSO MAIS DA METADE DOS DEPUTADOS DO PSB SÃO CONTRÁRIOS, POIS NÃO QUEREM COMETER "SUICÍDIO POLÍTICO".

PSB RACHADO

DEZESSEIS DOS TRINTA E CINCO DEPUTADOS DO PSB APOIAM REFORMAS DE TEMER

Partido rachou quanto às reformas trabalhista e previdenciária

A Executiva Nacional do PSB, cuja maioria sente saudades dos governo do PT, posicionou-se oficialmente contra as propostas de reformas trabalhista e da Previdência que tramitam na Câmara, determinando "fechamento da questão" e que a liderança do partido oriente os os parlamentares a votarem contra. A decisão, no entanto, pode ser inócua, porque o PSD está dividido, na Câmara
Atualmente, 16 dos 35 deputados do PSB já declararam apoio à reformas, e contam com o apoio de outros importantes dirigentes do partido, como o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que fez questão de participar em Brasília, nesta terça-feira (25), de almoço na residêcia oficial do presidente da Câmara que reunirá, além do presidente Temer, líderes governistas e governadores que apoiam a reforma.
A executiva do PSB, que se posicionou contrária à reforma, tem saudades dos governos do PT, nos quais ocuparam cargo, como é o caso do vice-opresidente, Roberto Amaral, que foi ministro de Ciência e Tecnologia do governo Lula. Eles também se posicionaram contra o impeachment, mas o partido majoritariamente apoiou a cassação da ex-presidente Dilma Rousseff.

O PSB na Câmara é dividido entre os que são influenciados pelas "viúvas de Lula", outro que segue a orientação do grupo "pragmático", do qual fazem parte o vice-governador paulista Márcio França e o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e ainda aqueles que apoiam abertamente as reformas e o governo Temer.

Texto e foto: DIÁRIO DO PODER

Nenhum comentário: