A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

CAUSO

NA 'BODEGA DO SEU OCRIDES'
  Bira Viegas

Meu pai (Euclides Alves Viegas) tinha uma mercearia e bar localizada em uma das esquinas da  1 (rua Presidente Quaresma) com a 9 (avenida Coronel Estevam),  em Natal - RN.
Mais conhecida como "bodega do Seu Ocrides" o local funcionou por algumas décadas  sendo palco de incontáveis 'causos e acontecências'. 
Narro abaixo um deles:
"Anjinho" era um  homem de estatura mediana, magro e ainda bastante jovem. Muito educado,  demonstrava ter uma grande cultura. Infelizmente se entregou ao vício da cachaça. Não trabalhava, não era aposentado e não se conhecia nenhum dos seus parente. Morava na rua dormindo sobre as calçadas e vivia da caridade de pessoas que lhe davam um prato de comida e daqueles que lhe pagavam doses e doses de cachaça.  Era apreciador de uma "Olho D'água",  antiga marca de cachaça fabricada em São José do Mipibu - RN.
Findava o dia e sem ter alguém para lhe ofertar uma dose de cana,  Anjinho entra na bodega e se dirige ao meu pai:
- Seu Ocrides... o senhor me vende uma dose fiado?
Meu pai que naquela momento estava atarefado despachando um cliente diz:
- Fiado só amanhã!
E Anjinho com sua costumeira calma:
- Sendo assim Seu Ocrides vou ficar ali do lado de fora esperando findar o dia de hoje e amanhã quando o novo dia  clarear  e a bodega for aberta,  o senhor me vende uma dose?
Escutando as palavras de Anjinho, meu pai que tinha um coração maior do que o corpo, se apiedou do mesmo e imediatamente encheu um copo de cana. Entregou na mão de Anjinho, pediu para minha mãe preparar um prato com comida para o mesmo,  e disse: 

- Anjinho... Para você o novo dia já nasceu! E  hoje você não paga nada!    
Ainda lembro o sorriso de felicidade de Anjinho escutando as palavras do meu pai e bebendo vagarosamente sua dose de "Olho D'água".

- - - - - X - - - - -

Este 'causo' acima narrado será publicado no livro CAUSOS, RIMAS E OUTROS ESCRITOS que esperamos publicar neste ano de 2016.

Nenhum comentário: