A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

terça-feira, 1 de março de 2016

DE: PIADAS

  CONTATO 
O sujeito era apaixonado por discos voadores e seres do outro mundo. Vivia lendo tudo o que se publicava a respeito desse assunto, tanto que ficou fanático e vivia na expectativa de encontrar algum alienígena.
Toda a noite saía a rondar por lugares ermos para ver se encontrava um extraterrestre.
Certa noite, numa de suas excursões noturnas por uma mata  avistou entre umas moitas um vulto de cabeça bem grande, braços longos, pernas curtas, praticamente rentes ao chão.
Emocionado, com voz embargada, ele falou:
- Luiz Oliveira, terráqueo, fazendo contato!
Ao que o ser estranho respondeu:
- Cícero Romão, cearense, fazendo cocô!

 SAPECA IAIÁ   
O caipira leva a sua vaca para cruzar com o touro da vizinha.
Depois de ajudá-los no que podiam, os dois ficam ali, pendurados na cerca, olhando os animais transarem.
Aí o caipira, muito do malandro, olha com malícia para a vizinha e comenta:
- Cumadre, eu tô doidinho pra fazer aquilo que o seu touro tá fazendo na minha vaca!
E ela:
- Entonces vai lá, cumpadre! A vaca não é sua?

 O PADRE E A PECADORA 
No meio da noite  padre Viegas atende o telefone e ouve uma voz feminina:
- Padre, perdoa-me porque pequei!
- Diga-me, minha filha, quais são os teus pecados?
- Padre, o demônio da tentação se apoderou de mim, pobre pecadora.
- Como é isso, minha filha?
- É que quando falo com um homem, tenho sensações no corpo que não saberia descrever...
- Filha, apesar de padre, eu também sou um homem...
- Sim, padre, por isso eu quis falar com o senhor.
- Bem, minha filha, como são essas sensações?
- Não sei bem como explicá-las, desejo deitar-me, sinto que preciso de calor...
- Calor?
- Calor padre, calor humano, que leve alívio ao meu padecer...
- E com que frequência é essa tentação?
- Permanente padre. Por exemplo, neste momento imagino que suas mãos massageando a minha pele me dariam muito alívio...
O padre começa a ficar excitado.
- Huumm... Você está sozinha?
- Sozinha... Necessitando que alguém forte me estreite em seus braços e me dê o alívio de que necessito...
- Por exemplo, eu?
- Sim padre, você é a categoria de homem que imagino poder me aliviar.
- Perdoa-me minha filha, mas preciso saber tua idade... 
- Sessenta e nove, padre...

- Filha, fica em paz que o teu problema é reumatismo!

Nenhum comentário: