A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

terça-feira, 11 de julho de 2017

BRASIL: SENADO DEVE CONCLUIR NESTA TERÇA-FEIRA (11) A VOTAÇÃO DA REFORMA TRABALHISTA PROPOSTA PELO PRESIDENTE MICHEL TEMER

Em clima de clara divisão entre governo e oposição, o Senado espera concluir hoje (11) a votação da reforma trabalhista – PLC 38/2017, que revê, além da supremacia do negociado sobre o legislado, o fim da assistência obrigatória do sindicato na extinção e na homologação do contrato de trabalho. 
Há também outras mudanças (quase uma centena) entre as quais a relacionada as  férias dos trabalhadores que poderão ser parceladas em até três vezes no ano. A reforma cria regras para o trabalho remoto, também conhecido como home office e extingue a contribuição sindical obrigatória de um dia de salário dos trabalhadores.
Enquanto governistas afirmam que a reforma trará modernidade e benefícios, a oposição afirma que a mesma  retira direitos históricos adquiridos pelos trabalhadores.


Analista políticos afirmam  que será um placar bastante apertado. Para aprovar o texto são necessários, pelo menos, 41 votos dos 81 senadores. 
Como acontece em cada um dos estados da federação, no Rio Grande do Norte  a  expectativa da classe trabalhadora é como votarão - principalmente - os três senadores pelo estado potiguar: Garibaldi Alves Filho (PMDB), José Agripino Maia (DEM) e Fátima Bezerra (PT).

Nenhum comentário: