A LUTA CONTINUA!


ONDE A SERIEDADE É FULEIRA... E A FULEIRAGEM É SÉRIA!

sexta-feira, 19 de junho de 2015

DE: LERIADO

Segundo consta, a história é verídica e diz que o vestibular de uma universidade na Bahia cobrou dos candidatos a interpretação do seguinte trecho de poema de Camões:

“Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer”.

Uma jovem vestibulanda esclareceu o dilema dando sua interpretação:

"Ah! Camões, se vivesses hoje em dia,
tomavas uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão.
Compravas um computador,
consultavas a internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo!"

E ganhou nota dez da comissão avaliadora.
Foi a primeira vez que, ao longo de mais de 500 anos, alguém desconfiou que o problema de Camões era falta de mulher!

Enviada por: Tarcísio Pereira

Nenhum comentário: